Poiésis

terça-feira, abril 26, 2011

Strawberry Swing


Olá, caro leitores!

Amo essa música. Por isso resolvi publicá-la.  Além , é claro, da graciosa produção em stop motion também!

O clipe conta a história de um rapaz que ouve o pedido de socorro de uma moça  seqüestrada por um esquilo gigante; ele passa por diversas situações para poder resgatá-la, até que consegue eliminar o animal com uma noz explosiva, libertando-a finalmente.

Gostei muito do vídeo porque remete ao amor e as suas sensações de estar além da realidade, acima das nuvens, desafiador da lógica, e , segundo ao clipe e letra, como crianças sorrindo num balanço; de querer estar com e ser apenas feliz. Sentimento absurdo, surreal ou nonsense? Ah, que seja então! rsrs...




“I remember we were walking up to strawberry swing"


É isso!!
Um beijão a todos!!     

segunda-feira, abril 25, 2011

Ai... É ela... a danada da TPM...

Calma rapazes porque, às vezes, é como se fosse assim mesmo, rs. São aqueles dias que estamos só um pouquinho sensível demais. Mas também é aquilo, passa rapidinho, é só ter um pouquinho de paciência! Outra, só daqui a vinte dias, rs!

Bjssss... e Bom dia!!!!!!!!!!  : )






Trrrriiiimmmmmmm......

Hum.... hum....  Zzzzzzzzzzzzzzzz.....

Trrrriiiimmmmmmmmmmmm......

- Puta que o pariu!!! Três da manhã!!!! Será que médico não tem o direito a dormir não, caramba!!!  Alô!

-Doutor... Sou eu, Evanecilda Sã.

- Hum... hum... ZZZZzzzzzzzz....

-Doutor, o senhor está me ouvindo? Doutor???? Tá aí, ainda?!

- Hum...  O quê...?  O que é que você quer Evanecilda?!

-É porque hoje, doutor, estou naqueles dias... Queria uma recomendação sua.

- Hummm... Zzzzz... dias... Zzzz... HUM??! Que dias?!

- Ihhhh... doutor Riconaldo... São aqueles dias, um tanto que fico sensível... Mas dessa vez foi um pouco mais forte. Exagerei um pouco, aqui, em minha casa... É porque nesses dias eu fico um tanto explosiva, sabe? Mas é só nesses dias, depois passa.

- Mas o que foi dessa vez? Não me diga que congelou outro gato !!!!

- Não... É que... gostaria de saber só uma coisinha:


quinta-feira, abril 14, 2011

Os votos, de Sérgio Jockymann

Olá! Deixo aqui publicado o poema que mais gosto e tenho profunda admiração; e que desejo a todos vocês, leitores do blog. Espero que vcs curtam também! É isso! Um beijão!


      Os Votos
( Sérgio Jockymann)

Desejo primeiro que você ame,
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.

Desejo, pois, que não seja assim
Mas se for, saiba ser sem se desesperar
Desejo também que tenha amigos
Que mesmo maus e inconseqüentes
Sejam corajosos e fiéis
E que pelo menos em um deles
Você possa confiar sem duvidar



E porque a vida é assim
Desejo ainda que você tenha inimigos
Nem muitos, nem poucos
Mas na medida exata para que
Algumas vezes você se interpele
A respeito de suas próprias certezas.
E que entre eles
Haja pelo menos um que seja justo

Desejo depois, que você seja útil
Mas não insubstituível
E que nos maus momentos
Quando não restar mais nada
Essa utilidade seja suficiente
Para manter você de pé.

Desejo ainda que você seja tolerante
Não com os que erram pouco
Porque isso é fácil
Mas com os que erram muito e irremediavelmente
E que fazendo bom uso dessa tolerância
Você sirva de exemplo aos outros



Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais
E que sendo maduro
Não insista em rejuvenescer
E que sendo velho
Não se dedique ao desespero
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor


Desejo, por sinal, que você seja triste
Não o ano todo, mas apenas um dia
Mas que nesse dia
Descubra que o riso diário é bom
O riso habitual é insosso
E o riso constante é insano.

Desejo que você descubra
Com o máximo de urgência
Acima e a respeito de tudo
Que existem oprimidos, injustiçados e infelizes
E que estão bem à sua volta


Desejo ainda
Que você afague um gato, alimente um cuco
E ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque assim, você se sentirá bem por nada

Desejo também
Que você plante uma semente, por menor que seja
E acompanhe o seu crescimento
Para que você saiba
De quantas muitas vidas é feita uma árvore


Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro
Porque é preciso ser prático
E que pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele na sua frente e diga:
"Isso é meu"
Só para que fique bem claro
Quem é o dono de quem

Desejo também
Que nenhum de seus afetos morra
Por eles e por você
Mas que se morrer
Você possa chorar sem se lamentar
E sofrer sem se culpar

Desejo por fim
Que você sendo homem, tenha uma boa mulher
E que sendo mulher, tenha um bom homem
Que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes
E quando estiverem exaustos e sorridentes
Ainda haja amor pra recomeçar


E se tudo isso acontecer
Não tenho mais nada a lhe desejar


* Esse poema circula como sendo "Desejo", de Victor Hugo. Mas ele não é o real autor.

segunda-feira, abril 04, 2011

A melhor propaganda de carro que já vi de todos os tempos!!!

Olá, queridos leitores!

Pessoal, hoje resolvi quebrar de vez o protocolo do blog, rs!
Mais é por uma ótima causa! Olha, eu não ligo muito para propagandas de carro e nem de carros ( a não ser aquela belíssima máquina que faz parte do clipe “Desert Rose” , de Sting; quem  assistiu sabe bem do que eu estou falando), mas esse clipe da Kia , de fato... me deixou de boca aberta.  Lindo demais! A produção, as cores, os efeitos  fazem desse vídeo pra lá de interessante. Se trata de uma produção em HDTV para o YouTube. A máquina? Claro! O belíssimo  Optima 2011, também conhecido como Magentis. Não deixe de conferir.


É isso aí!
Um beijão a todos!!