Poiésis

quarta-feira, março 03, 2010

Resenha Crítica do filme 1492- A Conquista do Paraíso

Resenha Crítica dentro de uma abordagem que envolve aspectos relativos ao colonizado e colonizador.
Filme: 1492- A Conquista do Paraíso.
( 1492- Conquest of Paradise. EUA, França, Espanha, 1992)


O filme “1492- A conquista do Paraíso”, de Ridley Scott, apresenta um cenário grandioso e fascinante diante da beleza da nau Santa Maria, das caravelas Pinta e Niña, a belíssima música de Vangelis, a qual permeia todo o filme, além da ousadia de Cristóvão que se transforma em grande líder de uma conquista. Tudo isso dá um aspecto épico a odisséia de Colombo em busca do paraíso que se caracteriza em descobrir um novo caminho, uma nova rota para a Ásia navegada pelo Ocidente. Nesse cenário de expedição ultramarina em nome da Coroa Espanhola, em doze de outubro de mil quatrocentos e noventa e dois, Cristovão Colombo avista a Ilha de Guanani, atual San Salvador.

Há também de se perceber no filme- até mesmo por essa produção fazer parte da comemoração dos quinhentos anos de “descobrimento” da América, e este longa ter sido produzido dentro da ótica americana - o quanto foi maquiada por Hollywood a relação entre Colombo e os nativos americanos. É difícil de acreditar que tamanha expedição tivesse como lema principal levar o povo a Deus. Porém, tal fato, serviu de pano de fundo para que pudesse por em prática os interesses de Colombo que, no filme, não é verdadeiramente mostrado, mas sim um líder benevolente que respeita as crenças e os hábitos dos nativos, punindo somente quando há uma desobediência. O que na verdade não foi isso que aconteceu, nem muito menos o pacifismo entre índios e europeus durou por muito tempo como demonstra; haja vista, em 1511, os relatos de Bartolomeu de Las Casas ante aos tratamentos dispensados aos nativos daquela ilha desde o início, pois os colonizadores possuíam o comprometimento de prestar contas a Coroa Espanhola e , com isso, não podiam perder muito tempo para logo apresentarem as riquezas em ouro e prata daquela terra conquistada.

Apesar da inocência dos índios em se mostrarem encantados com a aparência dos visitantes e considerando- os como deuses, uma vez que estes vinham do mar semelhante ao deus Sol que sumia ao fundo do oceano , o que se tem como relatos históricos é que a condição de colonizado sempre foi impregnada por batalhas sangrentas em busca de riquezas e estabelecimento de poder, e não foi diferente na América. É sabido que para impor uma cultura ou lei a uma determinada civilização conquistada era preciso, muitas das vezes, aniquilar para impor outra ordem. Não havia generosidade. Ainda mais se tratando de índios que, para os europeus, não tinham valor algum, não eram considerados como gente, além da nudez ser vista por eles como algo pecaminoso, o que aumentava ainda mais o abismo entre as duas etnias. Entretanto, quem assume o papel de algoz e ganancioso na ficção é o personagem Moxica, ausentando Colombo de toda crueldade para servir a ideologia de Ridley Scott diante de um filme encomendado para representar o descobrimento da América.

"A conquista do Paraíso" como apoio didático nas aulas de História também se faz interessante, mas nunca se esquecendo que ficção é sempre ficção, ela possibilida ao autor trabalhar com inúmeras possiblidades de criação, portanto, não precisando ser fiel totalmente aos fatos , a realidade.

 Outra coisa interessante que consta no longa é a gravura inicial de abertura do filme. Na verdade se trata de pinturas do artista Theodore de Bry que , no filme, está tingida de vermelho, simbolizando com isso, que a colonização entre européus e índios não foi tão passífica assim.


Dados do Filme:
"1492 - A Conquista do Paraíso"
Título original: (Conquest of Paradise)
Lançamento: 1992
Direção: Ridley Scott
Atores: Gérard Depardieu , Armand Assante , Sigourney Weaver , Loren Dean , Ángela Molina
Duração: 155 min
Gênero: Drama


Sinopse:
A história do navegador Cristovão Colombo, suas viagens, as dificuldades em provar suas teorias e o clima das Grandes Navegações. Realizado em 1992, em comemoração aos 500 anos do descobrimento da América. Filme denso, bem realizado por Ridley Scott e interpretado com vigor pelo francês Gerard Depardieu. O roteiro é de Roselyne Bosh e o consultor histórico foi Jose Corral Lafuente.

Trechos do filme neste belo clip e música!



Um breve Resumo:

 
O intuito do navegador Cristovão Colombo era chegar as Índias por um caminho marítimo que fosse bem mais rápido do que o já utilizado por Portugal, uma vez que este detinha o domínio do comércio marítimo europeu há mais de oitenta anos.

Seu projeto de navegação foi aprovado pelos reis da Espanha, Fernando e Isabel, apesar de ser bem diferentes dos planos utilizados por Portugal. Colombo seguiria sua viagem rumo ao oeste, pois estava convencido de que a Terra era redonda. Nesse sentido, imaginava que chegaria rapidamente ao seu destino, ou seja, as Índias, seguindo seu trajeto em linha reta.

Para convencer os reis da Espanha, Cristovão acreditava que, fazendo esse percurso, encontraria terras e um povo rico em metais e pedras preciosas. Nesse sentido, a viagem, segundo ele, parecia prometer vultoso retorno financeiro a Coroa Espanhola.

Em 12 de outubro de 1492, depois de ter navegado por mais de dois meses, a expedição chegou a uma terra desconhecida, aportando em uma pequena ilha da América Central, denominada por ele de San Salvador.

Américo Vespúcio, posteriormente, realizou também viagens à América e percebeu que o “Novo Mundo” encontrado não era a Índia, mas sim uma nova e grande extensão de terra que recebeu, em sua homenagem, o nome de América.

* * * * * * * * *

Hola!!!!!!!
Vai uma dica artística importante??!!!
Para quem gosta de artes, não deixe de ver e apreciar a belíssima obra  e uma pequena análise crítica sobre Salvador Dalí: "Criança geopolítica assistindo o nascimento de um novo homem". Vale a pena dar uma conferida. É linda a imagem!!!!!!!


Deixe comentários e críticas também!!
Aproveite esse espaço e sinta-se à vontade!!!
Um beijão!!!

2 comentários:

Ricardo disse...

Ah legal!!! Até que enfim algo que eu entenda...

Quem quiser baixar o filme é só clicar aqui: http://www.tudofull.com/download-1492-a-conquista-do-paraiso-avi-legendado-dvdrip/

Alana disse...

É o primeiro resumo que encontrei na internet que eu consegui entender e que deu para aproveitar algo de realmente importância no filme , já que assistindo-o eu não pude compreender o real sentido , já que não tem dublagem em português , é apenas legendado . Muito obrigada !