Poiésis

domingo, maio 09, 2010

É um parto...

As contrações começaram a aparecer e estão cada vez mais fortes.
Sinto-me enorme e incomodada. Sou do abdômen ao útero um todo só.
Tem horas que elas sufocam por fazerem força, querem sair, e nada!
A respiração fica curtinha.
- Por quê?
- Porque estou grávida! Não ligeiramente. Mas totalmente grávida  das palavras que forçam uma saída de dentro de mim. Estou em pleno trabalho de parto; e como se faz dolorido, tem horas!


2 comentários:

Lohan Lage Pignone disse...

Isso que eu chamo de poetisa cabralina! :))

Só que você tem uma larga vantagem sobre ele: não precisa se entupir de aspirinas, rs.

Beijos, Lohan.

Simone Prado disse...

Deus me livre!!!!!!!! Chô, chô, aspirina! Odeio remédios!! (rs)